HomeNossas DicasDicasGestão financeira imobiliária: 7 dicas essenciais

Gestão financeira imobiliária: 7 dicas essenciais

A gestão financeira imobiliária é um processo de gerenciamento e monitoramento de tudo o que envolve as finanças da empresa. Por exemplo, entrada e saída de recursos, investimentos, despesas, lucros e investimentos.

O objetivo principal é garantir a estabilidade e o crescimento sustentável do negócio.

Para isso, é preciso ter controle sobre o orçamento e a implementar processos para garantir que o dinheiro seja bem administrado.

As imobiliárias lidam com volumes de dados, além da movimentação contínua de clientes.

Mas, afinal, como funciona o financeiro de uma imobiliária? Como manter tudo em ordem e evitar que o negócio saia dos trilhos?  É o que você vai saber neste artigo. Continue lendo!

Gestão de locação de imóveis

Quais são os 4 pilares da gestão financeira imobiliária?

Existem quatro pilares importantes da gestão financeira imobiliária, que são:

  • planejamento empresarial: envolve a definição de metas e objetivos financeiros de curto e longo prazo, bem como a elaboração de um orçamento detalhado.
  • compliance e riscos: garantir que a empresa esteja em conformidade com as leis e regulamentos, além de gerenciar e minimizar riscos;
  • controle e visibilidade:  responsável por monitorar e reportar as atividades financeiras da empresa, incluindo o controle de despesas, fluxo de caixa e demonstrações financeiras.
  • otimização do capital de giro: envolve a gestão eficiente dos recursos da empresa, com o objetivo de maximizar o lucro e minimizar o risco de insolvência.

Qual a importância da gestão financeira imobiliária?

A gestão financeira é indispensável para o sucesso de qualquer empresa. Um bom controle financeiro permite que as imobiliárias tenham um crescimento sustentável.

Como disse Warren Buffet: “Risco vem de você não saber o que está fazendo. Controle o seu dinheiro”. Essa frase é válida não apenas para o mercado financeiro, mas também para a gestão dos negócios.

Uma imobiliária que não possui um controle financeiro eficaz pode ter problemas como a falta de recursos para investir em melhorias, dificuldades no pagamento de colaboradores e até mesmo enfrentar o risco de falência.

Por outro lado, um bom controle financeiro consegue identificar oportunidades, reduzir custos e garantir a satisfação dos clientes e funcionários.

Dicas de gestão financeira imobiliária

Confira nossas dicas poderosas de gestão financeira imobiliária para manter as finanças do seu negócio em dia e alcançar sucesso no mercado!

1. Estabeleça metas e objetivos de curto, médio e longo prazo

O primeiro passo para garantir um bom controle financeiro é estabelecer metas e objetivos realistas para a imobiliária. Essas metas devem ser divididas em curto, médio e longo prazo e devem estar alinhadas.

As metas de curto prazo podem incluir a redução de custos, o aumento das vendas ou a captação de novos clientes. Já as metas de médio e longo prazo envolvem a expansão da imobiliária, a diversificação dos serviços oferecidos e o crescimento da visibilidade no mercado.

2. Use indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho são ferramentas que ajudam a medir o sucesso de uma imobiliária em relação às metas e objetivos estabelecidos. Existem diversas métricas que podem ser utilizadas, como:

  • taxas de conversão;
  • ticket médio;
  • taxas de abertura de e-mail;
  • índice de inadimplência;
  • alcance dos canais de marketing;
  • número de visitas agendadas;
  • quantidade de leads;
  • ROI;

É importante escolher os KPIs mais relevantes para a imobiliária e acompanhar de perto os resultados.

[smartslider3 slider=”2″]

3. Separe as finanças pessoais e das empresariais

Um erro cometido por proprietários de imobiliárias no começo do negócio é misturar as finanças pessoais e empresariais. Isso pode levar a problemas financeiros, como a falta de recursos para investir no negócio e dificuldades no pagamento de despesas.

Logo, é preciso ter uma conta bancária pessoal e outra jurídica, que inclusive conta com vantagens, como menos limitações de transferência de pix, acesso a crédito ampliado, entre outras.

4. Organize o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais importantes para a gestão financeira imobiliária.

Ele permite acompanhar a entrada e saída de recursos, identificar gargalos nos gastos mensais, despesas e oportunidades e planejar investimentos. Por conseguinte, você estará ciente de todas as transações financeiras da imobiliária.

5. Pague as contas em dia

Quando as contas não são pagas dentro do prazo, a empresa pode ter que arcar com juros, multas e outras penalidades financeiras, além de ter a credibilidade afetada.

Por outro lado, quando as contas são pagas em dia, a empresa pode desfrutar de benefícios como possibilidade de conseguir empréstimos ou financiamentos para expandir o negócio.

6. Regra dos 50 30 20

O método 50 30 20 é aplicada às finanças pessoais, mas também pode ser utilizada na gestão financeira imobiliária. Nesse caso, a divisão do orçamento mensal é feita da seguinte forma:

  • 50% para as despesas essenciais: inclui o pagamento do aluguel, prestações de financiamento; condomínio, IPTU, água, luz, gás, funcionários.
  • 30% para as despesas consideradas não essenciais: por exemplo, mudanças na decoração para atrair mais clientes, eventos corporativos ou prêmios para os colaboradores.
  • 20% para a poupança e investimentos: inclui a reserva de dinheiro para emergências, pagamento de dívidas e investimentos para a expansão da imobiliária.

7. Invista em um sistema de cobrança

As imobiliárias lidam constantemente com a cobrança de aluguéis e boletos. Quanto a este ponto, um Software de Gestão Financeiro para Imobiliárias pode reduzir em mais de 50% os níveis de inadimplência, pois ela permite enviar e-mails e mensagens via WhatsApp de aviso antes da data de vencimento.

Um software gestão de aluguel e pagamentos pode fazer uma grande diferença para que a empresa alcance melhores resultados.

Como escolher a melhor tecnologia de gestão financeira imobiliária?

A escolha da melhor tecnologia ou plataforma imobiliária é uma decisão importante para as imobiliárias, pois ela pode impactar diretamente a rentabilidade do negócio.

Existem alguns fatores que devem ser considerados, como:

  • funcionalidades;
  • facilidade de uso;
  • geração de relatórios financeiros;
  • gestão de locação de imóveis;
  • monitoramento de vendas;
  • controle de fluxo de caixa;
  • integração com colaboradores;

Quer saber qual é a plataforma de gestão financeira completa para imobiliárias?

Conheça o Software de Gestão de Locação e Financeiro da Widesys! Este é o melhor e mais completo sistema para imobiliárias do mercado. Conta com Sites, CRM Imobiliário, Gestão de Vendas, Aluguéis, Vistoria e todo o controle financeiro.

Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas agora mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This is a staging environment

Ligamos para você!

Informe seus dados de contato para receber a ligação

Precisamos saber se você é um humano!

Experimente grátis

Você tem 7 dias grátis, acompanhamos você durante o período de avaliação.

Precisamos saber se você é um humano!

Não vá embora antes de saber disso!

Você pode nos chamar no WhatsApp para: